ADVERTORIAL

Uma fórmula inovadora foi descoberta nos laboratórios da renomada Universidade de Stanford (EUA). Cientistas descobriram ervas consumidas por uma tribo indígena que aceleravam o crescimento forte de cabelo nas entradas, impedindo o avanço da calvície.

Para a felicidade dos carecas, essa fórmula chegou ao Brasil em 2019 com a aprovação da Anvisa. Os resultados demonstram um preenchimento de 89% de entradas, crescendo cerca de 1.200 novos fios de cabelo, por semana.

(1403 votos)

O professor gaúcho Diego Koch, usa a fórmula indígena aprovada pela Anvisa, desde junho de 2019. Em 4 meses ele se livrou da calvície, recuperando em média 1200 fios de cabelo por semana.

Ficar careca é uma das piores sensações da vida. Esperar que o destino defina que você vai ficar careca igual seu pai e tios é horrível. Quando um homem começa a perder cabelo, a solução pode parecer ser usar bonés, ou raspar tudo e aceitar a "carequinha".

Nessa fase também começam os apelidos relacionados a calvície (que naturalmente faz qualquer homem parecer 10 ou 15 anos mais velho) como por exemplo "Tiozão careca", "Aeroporto de moscas" ou "Pouca telha".

Diego Koch, de 36 anos era chamado de "Pouca telha" pelos colegas de trabalho, por conta da frenética queda de cabelos, veja nesta matéria como ele conseguiu reverter a calvície e fazer o cabelo crescer como se ele fosse um cabeludo de 18 anos:

O número de brasileiros diagnosticados com calvície cresceu 61,8% nos últimos 10 anos, passando de 16 milhões em 2008 para 42 milhões em 2019 e de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Que homem gosta de ficar careca? A sensação de que a calvície, é o seu destino, é uma sensação horrível, não é?

E foi constatado através de estudos realizados pela Universidade de Stanford, que a grande maioria dos casos de calvície não estão ligados à genética, e sim ligados à alimentação, e com o passar dos anos os hábitos alimentares pioram.

Através de uma alimentação de má qualidade que incluem excesso de alimentos industrializados, o organismo passa a produzir o DHT (Dihidrotestosterona) em excesso que é o principal responsável pela queda de cabelo e impossibilita o crescimento de novos fios.

Felizmente, pesquisadores descobriram uma fórmula natural que Índios usam há centenas de anos, que os faz ter cabelos longos. Essa fórmula age diretamente em áreas de falha e queda, ajudando a melhorar sua calvície em até 64% nos primeiros 3 meses de uso.

Essas ervas indígenas já aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) exercem um eficiente efeito sobre os folículos, desbloqueando canais capilares que bloqueiam o crescimento de cabelos.

Como esse remédio natural consegue reverter a calvície de forma simples?

Se você se olha no espelho de manhã e pensa "Nossa, estou ficando careca", ainda há chance de melhorar este quadro e reduzir os níveis elevados de DHT.

A nova fórmula indígena para crescer cabelo, desenvolvida nos Estados unidos foi recém aprovada no Brasil pela Anvisa, possui resultados comprovados no desbloqueio de folículos capilares.

"Não são apenas os estudos que dizem isso, nos Estados Unidos 81% das pessoas que usaram essa fórmula, tiveram resultados visíveis na reversão da calvície em pouco mais de 40 dias." - Segundo PhD Dr. Michael Kaplitt, da Weill Cornell Medicine, essa fórmula poderá substituir completamente implantes capilares nos próximos anos.

Para a maioria das pessoas a perda de cabelo é causada por um hormônio em particular chamado Di-hidrotestosterona, ou DHT. Isso é verdade tanto para homens quanto para mulheres. É comumente conhecido como o "hormônio da perda de cabelo".

Esse tratamento foi descoberto nos Estados Unidos, em uma carta deixada por um mestre indígena que revelava o segredo dos cabelos fortes e longos de sua tribo.

Desde que o tratamento teve seu primeiro teste, nos laboratórios de Berkeley (EUA), os resultados tiveram melhoras substanciais, capazes de produzir resultados satisfatórios e ganhar o título de "remédio natural contra a queda de cabelos"

A fórmula natural indígena chegou ao Brasil em 2019, e foi distribuída para laboratórios oficiais como fim de teste. Um dos brasileiros que conseguiu uma das primeiras doses em cápsulas, foi o professor gaúcho Diego Koch.

Diego conta que já havia tentado de tudo para fazer seu cabelo voltar a crescer, e que já estava com a auto-estima no fundo do poço em achar que ficaria careca pelo resto de sua vida.

Após tentar de tudo para acabar com a queda de cabelos, ele finalmente ativou a liberação de folículos capilares e viu seu couro cabeludo encher com novos fios, graças a amostra desse "remédio natural".

Ele não ficou gastando mensalmente com sessões de implantes "fio por fio", que doem e prejudicam a saúde do couro cabeludo.

Nada disso.

Na verdade, ele seguiu apenas dois passos simples e baratos, que qualquer pessoa comum pode fazer:

  1. Aumentou a ingestão de água (antes ele tomava 500ml por dia, agora toma 1,5L)
  2. Começou a tomar 2 vezes ao dia de uma mistura de ervas e plantas medicinais recém aprovadas pela Anvisa, que segundo estudos científicos, possuem a propriedade de ativar folículos capilares e aumentar crescimento do cabelo e custam menos de R$ 30,00 por mês.

Essa combinação de ervas e plantas medicinais raras, é capaz de criar esse "remédio natural", conhecido comercialmente como Anigi (nome dado em homenagem a tribo indígena que revelou o segredo)

Apesar de novo, o Anigi já foi aprovado por 14 estudos científicos, já foi liberado para uso em 44 países e já cresceu o cabelo de 1.8 milhões de homens e mulheres no mundo.

A fórmula chegou ao Brasil em janeiro de 2019, e de acordo com a empresa responsável pela distribuição do produto, existe uma lista de espera com mais de 13.300 mulheres e homens para receber o segundo lote dessa pílula rara, que já está em processo de produção.

Ele aumentou a ingestão de água e tomou uma cápsula natural recém aprovada pela Anvisa

Entramos em contato com Diego Koch, o professor que fez uso de Anigi. Confira a entrevista abaixo:

Redação: Diego, você ficou muito conhecido por ser uma das primeiras pessoas a testar essa fórmula natural indígena no Brasil. Pode nos contar como foi?

Diego Koch: "Sim, claro! Eu já estava há um tempo tentando de tudo para fazer meu cabelo crescer, e nada funcionava. Na escola onde eu dava aula, os alunos faziam muitas piadas sobre minha careca, era constrangedor. Eu estava em contato com um laboratório aqui de Porto Alegre, que tinha recebido um lote de um novo remédio natural para nascer fios de cabelo, liberando novos folículos, me registrei para participar dos testes.. O Anigi não tem nenhum efeito colateral, porque é totalmente natural, e cresceu muito cabelo logo nas primeiras semanas."

Redação: Mas Diego, você já tinha tentado algum método para se crescer seu cabelo antes?

Diego Koch: "Eu tinha tentado até implante capilar, que aliás dói demais! Gastei uma fortuna com shampoos especiais, com aqueles que falam que nasce cabelo, sabe? O problema é que os efeitos colaterais estavam acabando com meu corpo, meu couro cabeludo ficava as vezes até ardendo, por conta dos elementos químicos que tinham nesses shampoos, era horrível.

Redação: Como você conheceu esse novo remédio natural?

Diego Koch: "O Anigi eu conheci nesse laboratório mesmo... Moro perto e vi que colocaram uma placa dizendo que precisavam de pessoas para testar as amostras de uma pílula a base de ervas medicinais vindas dos Estados Unidos, para crescer cabelo. Foi tipo um sinal do universo, era exatamente aquilo que eu estava procurando, dei sorte de ser um dos primeiros brasileiros a usar Anigi.

Redação: Como você se sente agora? Acha que esse remédio é a nova solução para a queda de cabelos?

Diego Koch: "Me sinto incrível, passar a mão no cabelo e ter cabelo, é ótimo! (risadas). Anigi é realmente uma fórmula perfeita, a composição é base de ervas ricas em vitaminas e proteínas, são fontes muito difíceis de encontrar em alimentos no Brasil.. Meu cabelo cresceu e ficou cheio em algumas semanas, foi maravilhoso. Acho que sim, essa solução vai ajudar milhares de brasileiros a conquistarem de uma vez por todas o cabelo dos sonhos.

AVISOS LEGAIS

É expressamente proibida a cópia ou reprodução de todas as imagens e textos desse site, ficando os infratores sujeitos as penalidades cabíveis.

Venda proibida para menores de 18 anos. Os resultados podem variar de pessoa para pessoa. As informações contidas neste site ou nos e-mails enviados foram elaboradas apenas para propósitos educacionais. Não existe intenção de substituir conselhos ou tratamentos médicos. Estas informações não devem ser utilizadas para diagnosticar ou tratar qualquer problema de saúde ou doença sem uma consulta médica.

Início | Garantia | Termos de Uso | Politica de Privacidade | Estudos Científicos  | Contato

Anigi © Todos os Direitos Reservados